GAL Rural

ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO LOCAL (EDL)

 

O objectivo central da actuação da ADELIAÇOR no seu território de intervenção é o aumento da qualidade de vida das suas populações, em todas as suas dimensões – económica, social e ambiental.

A sua actuação coerente e concertada num território que, apesar da sua coerência global, apresenta uma enorme dispersão e diversidade de características em cada uma das ilhas que o compõem, é fundamental para que se atinja o objectivo central numa lógica de proximidade e subsidiariedade.

Pretende-se assim desenvolver e apoiar acções e projectos de caracter inovador e diferenciador, que tirem partido do território no seu conjunto, de forma articulada, e que fomentem as suas características intrínsecas, únicas e diferenciadoras, como motor do desenvolvimento económico, do emprego e da coesão social.

A visão para a EDL rural assenta em Pensar Global – Agir Local dinamizando o meio rural nas cinco ilhas e contribuindo para:

  • Incentivar o turismo responsável, sustentável, inclusivo e acessível;
  • Diversificar para atividades não agrícolas;
  • Contribuir para a eficiência nos sectores da comercialização e da transformação de produtos agrícolas;
  • Reforçar os serviços promotores de inclusão social;
  • Renovar os serviços de lazer e cultura;
  • Melhorar as condições de acessibilidade e mobilidade das populações, contribuindo para o acesso a serviços e cuidados de proximidade que permitam aumentar a qualidade de vida;
  • Valorizar o património edificado, cultural e natural, com fins turísticos;
  • Manter e recuperar o património edificado da região através da reutilização para novas finalidades;
  • Criar infra-estruturas de recreio, informação turística e turismo de pequena escala;
  • Promover práticas ambientais adequadas e sustentáveis através de energias renováveis e uso eficiente de recursos;
  • Capacitar os agentes económicos procurando criar condições para uma melhoria da qualificação e conhecimento das entidades que operam no território;
  • Incentivar à criação de novos produtos, serviços e conhecimentos especializados, enquanto critério diferenciador das acções a realizar e apoiar, privilegiando aquelas que promovam uma maior especialização, inovação e diferenciação face à realidade actual de cada ilha do território;
  • Privilegiar as acções e projectos que aportem uma clara preocupação com a inovação – produtos, processos e práticas – associada aos factores distintivos e às tradições do território.

 

Tipologia de Candidaturas:

6.4.1 – Criação e desenvolvimento de atividades não agrícolas

7.2.1 – Infraestruturas de pequena escala, incluindo energias renováveis e economia de energia

7.4.1 – Serviços básicos locais

7.5.1 – Infraestruturas de lazer e turísticas e informações turísticas

7.6.1 – Investimentos associados ao património cultural e natural e ações de sensibilização ambiental

CONHEÇA AS CANDIDATURAS A DECORRER:

Na presente data não existem candidaturas a decorrer.

LEGISLAÇÃO
Normas e Orientações
DOCUMENTOS DE APOIO ÀS CANDIDATURAS
LINKS