UE chega a acordo com EUA sobre quotas agrícolas

A União Europeia (UE) e os Estados Unidos da América (EUA) chegaram a acordo sobre as quotas agrícolas na Organização Mundial do Comércio (OMC). Em comunicado, a Comissão Europeia recorda que este acordo é o “culminar de dois anos de negociações”, impulsionado pela saída do Reino Unido da UE.

Neste acordo, “parte do volume permanece com a Estados-membros e parte vai para o Reino Unido, com base nos recentes fluxos comerciais”. As negociações  cobrem dezenas de quotas e milhões de euros de trocas comerciais de produtos como o arroz, produtos lácteos, frutas, vegetais e vinhos.

A instituição acrescenta que “a UE está a conduzir negociações semelhantes de repartição de contingentes pautais com 21 outros parceiros com direitos de acesso a esses contingentes”. Bruxelas adianta que já concluiu as negociações com a Argentina, Austrália, Indonésia, Noruega, Paquistão e Tailândia.

Para o comissário europeu da agricultura, Janusz Wojciejowski, “este acordo preserva os volumes originais, mas partilha-os entre a UE e o Reino Unido, dando certeza e estabilidade ao comércio agrícola e aos nossos mercados”.

Assim que a Comissão Europeia adote o acordo de quotas agrícolas entre os EUA e a UE, será depois enviado ao Conselho e ao Parlamento Europeu para ratificação, de forma a “entrar em vigor assim que possível”.