UE adere à Iniciativa Internacional para Recifes de Coral

O Comissário Europeu para o Meio Ambiente, Oceanos e Pescas, Virginijus Sinkevičius, representa a União Europeia (UE) na Assembleia Geral da Iniciativa Internacional para Recifes de Coral (ICRI), que se realiza hoje.

No contexto da agenda de Governação Internacional dos Oceanos da UE, a adesão ao ICRI é “uma oportunidade de trabalhar em conjunto com quase 90 organizações e países que estão a agir para proteger os ecossistemas marinhos vulneráveis”.

Segundo Virginijus Sinkevičius, “os recifes de coral são emblemáticos da rica vida marinha. No entanto, a rápida degradação do mundo subaquático também é uma recordação das pressões que a atividade humana exerce sobre o nosso planeta. A proteção destes ecossistemas é de grande importância para a biodiversidade, para a produção alimentar sustentável e para o clima”.

Os recifes de coral e os ecossistemas relacionados estão a enfrentar uma severa degradação, principalmente devido a consequências causadas pela ação humana.

Este trabalho contribuirá para os preparativos para a Conferência da Biodiversidade das Nações Unidas que deverá chegar a um acordo sobre um ambicioso quadro de biodiversidade global pós-2020. A Comissão Europeia apresentou no ano passado, no âmbito do Pacto Verde Europeu, a sua Estratégia de Biodiversidade que visa reforçar a proteção e a restauração dos ecossistemas marinhos.