Programa escolar promove a conservação do oceano

A Secretaria Regional da Educação pretende estender o programa “Educar para uma Geração Azul” a mais escolas e ilhas da Região, “elevando a literacia do oceano dos alunos entre os seis e os dez anos”.

O anúncio foi feito pela titular da pasta, Sofia Ribeiro, numa reunião tida a 28 de maio com os conselhos executivos de todas as escolas públicas da Região, bem como das escolas privadas, com paralelismo pedagógico.

Sofia Ribeiro explicou que, com a extensão deste programa a mais escolas do 1.º ciclo, “a Secretaria da Educação pretende garantir uma efetiva alteração de comportamentos relativamente à conservação do oceano, valorizar o seu capital natural único e criar uma geração verdadeiramente consciencializada para a necessidade de gerir o oceano de forma sustentável”.

Este programa insere-se numa parceria entre o Governo dos Açores e a Fundação Oceano Azul que, de acordo com a governante, pretende “criar novas vias para o desenvolvimento económico e sustentável da Região”.

O programa Educar para uma Geração Azul já deu formação a 900 professores do 1.º ciclo do país, abrangendo um total de 15 mil alunos e 170 escolas.

Nos Açores, até este momento, estão integradas no projeto escolas das ilhas de São Miguel, Terceira, Pico e Faial.